Marcelo Fernandes colhe bons resultados com Portuguesa Santista

Há dois meses no comando da Portuguesa Santista, o resultado o trabalho do técnico Marcelo Fernandes já está evidente. O campeão paulista pelo Santos em 2015, conseguiu classificar o time para a segunda fase do Paulista da série A3. “Quando eu cheguei aqui a situação era bem difícil, a equipe vinha de três derrota. Sabíamos que o grupo era muito bom, mas estava cabisbaixo. Não só eu, mas como toda a equipe técnica trabalhamos a confiança e a motivação da equipe e eles também são os grandes responsáveis por essa virada”, conta.
 
O técnico explica também que os jogadores assimilaram logo aquilo que foi implantado. “O nosso relacionamento tem sido o melhor possível. Foi um casamento perfeito, pois procuramos sempre falar e resolver os problemas imediatamente e isso foi um fator predominante para que a gente pudesse dar essa alavancada e fazer parte do G8”, explica.
 O trabalho é intenso. Marcelo chega ao CT da Portuguesa Santista sempre duas horas antes de cada treino. Verifica a situação de cada jogador, estuda o adversário, conversa com a equipe e define a logística. “É um trabalho muito árduo e, graças a Deus, a diretoria e a gerencia da Portuguesa estão dando todo o respaldo”.
Marcelo confessa que já estava na hora de voltar a campo para colocar em prática tudo que ele aprendeu. Em setembro de 2016, ele viajou, por intermédio da NN Consultoria, para Barcelona para se aprimorar profissionalmente e em fevereiro de 2017 concluiu o Curso de Treinadores da CBF, licença B.
“A Portuguesa Santista é o clube onde eu comecei minha carreira como jogador, sou da cidade e sou muito grato por mais essa oportunidade. O principal objetivo do time agora é conseguir voltar, pelo menos, para a segunda divisão. Isso seria de fundamental importância, não só para o clube, mas para todos nós”, finaliza.