Lucas Lima conta como tenta manter a forma para voltar em alto nível após isolamento

Manter-se em forma sem um cronograma ativo de partidas e campeonatos é um desafio árduo. Lucas Lima seguia construindo e aperfeiçoando o seu ritmo de jogo durante o começo das competições, no começo do ano. Devido a pandemia do novo COVID-19, o craque e seus companheiros agora precisam continuar seu trabalho em casa. Mas como voltar em forma, quando tudo retornar ao normal?

Para Lucas Lima, o essencial no trabalho é não ficar parado, independente das dificuldades de se treinar em casa. “Não será fácil manter o ritmo. Comparado a treinar no campo, com meus companheiros e o técnico, o que tenho hoje é limitado. Faço o maior esforço possível, mas o mais importante é transformar este tempo de isolamento em um tempo produtivo e eu acredito que estou conseguindo.”

Ao longo dos dias, o meia do Palmeiras faz exercícios específicos e gerais para não perder a forma. Alternando entre momentos de descanso e trabalho duro, o atleta abraçou a rotina de treinos recomendada pelo clube e pensa positivo quando fala sobre voltar em alto nível. “Claro que não vou voltar com um ritmo de jogo perfeito, mas quero voltar bem! Preciso disso para ajudar meus companheiros e ganhar tudo que eu conseguir.”

Mas Lucas não está sozinho em seus trabalhos. Além do apoio de sua família e amigos, o craque também conta com o estímulo de seu treinador, do próprio clube e também de outros parceiros atletas, como Neymar Jr. O camisa 10 do PSG ajudou o camisa 20 do Palmeiras, com alguns treinos durante o isolamento, ao lado do preparador Ricardo Rosa, tornando a carga mais leve, onde um pôde ajudar o outro.

Em 2019, o craque lutou para se adaptar no Palmeiras, mas esta temporada viu um novo jogador aparecer, um que se encaixou no time e cativa a torcida pouco a pouco. Em 10 partidas jogadas, Lucas marcou dois gols e deu uma assistência decisiva, demonstrando seu bom desempenho e até rendendo elogios do técnico da equipe, Vanderlei Luxemburgo.

“O professor Luxemburgo tem sido muito importante nesse meu desafio. Ele tem ajudado muito a achar meu espaço dentro de campo e encontrar o meu melhor futebol. Estávamos indo muito bem nas competições do início do ano e, com o trabalho de treinos que estamos mantendo fora dos campos, imagino que tudo volte a funcionar normalmente”, comentou Lucas Lima.

E com os treinos em dia e a fome pela bola intacta, o que sobra para o atleta é a ansiedade de voltar aos campos. “Compreendo o momento que passamos e tomo os cuidados necessários, mas estou bem ansioso para anunciarem logo o retorno. Quero voltar a fazer o que eu amo novamente e tenho fé que logo sairemos dessa”, disse Lucas Lima, otimista.